E.J – O Primeiro Caso

O dia estava chuvoso. E nada de diferente tinha acontecido. Mais uma Terça-Feira normal dentro daquele ciclo de meses; ninguém procurava mais os serviços do velho detetive Earl Jones. Não havia um caso a meses. E isso era mais entediante do que os programas da Rede TV. Está certo que as coisas não eram mais como antigamente; o velho Earl agora – dentro dos seus 40 e poucos – possuia menos agilidade do que antes, e seu cabelo branco mostrava uma experiência de alguma coisa. Afinal, o que ele era?

Depois do 3º banho semanal, o velho EJ (I Djei, para os íntimos) enrolou-se numa toalha já surrada pelo tempo; quase que intacta por uso, diga-se. Olhando alguma coisa naquela mesa bagunçada, aquele velho detetive teve uma sensação que não sentia à anos: o suave tocar da campanhia. A agilidade de outrora veio à tona. Suas pernas desrespeitavam as velhas feridas à balas, fazendo movimentos paralelos e engraçados aos olhos dos ratos, que ali comiam a janta do gordo – “Até que enfim, finalmente esse vagabundo vai ter um caso!”. Murmurraram.

“- Merda, deve ser mais um pirralho que apertou essa fucking campanhia e saiu correndo. Eu não tenho mais idade pra isso…” – Disse ao se deparar com a velha cor verde-falta-de-pintura da parede que encarava a porta. Ao virar-se para fazer nada sentando naquela poltrona preta (aquela ali à esquerda, perto da fogão), viu uma folha de papel pardo, meio amaçado, em seus pés. O objeto continha um endereço, um telefone e um aviso:

“- Preciso de seus serviços para um caso. Se arrume e compareça a Rua dos Blogueiros, 32 Ap 21, Rio de Janeiro, dentro de duas horas. Caso não fique com o serviço, ligue para confirmar.” Depois me disseram, que foi uma das únicas vezes que viram Earl esboçar alguma sinal de felicidade. Não pensou duas vezes; pegou seu velho terno preto, colocou o seu “sapato da sorte” e partiu para o endereço. Sendo trote ou não, ele tinha algo para fazer. Pena para os ratos, que dessa vez iriam dormir sozinhos…

(Earl Jones arrumado para seu primeiro caso)

CONTINUA…

Nota: Earl Jones desenhado por João Pedro.

Leia mais

  • Atividade Paranormal 2
  • WWW.FAMILIAEXTRA.COM.BR/NATAL2012, PROMOÇÃO VIAGEM PRESENTE EXTRA 2012
  • O QUE O NEYMAR VIU, O QUE VOCÊ ACHA?
  • E.J – A surpresa de um velho conhecido
  • Julgamento: caso Isabella Nardoni

    Deixe uma resposta

    XHTML: You can use these tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>